Webmail
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Notícias

publicado em 04/03/2020

Sindicalistas da CUT-SP intensificam a luta no mês das mulheres

Com o mote “Resistência Tem Nome de mulher – Justiça para Marielle Franco e Marisa Letícia”, a Central Única dos Trabalhadores de São Paulo, subsedes, ramos e entidades filiadas realizam inúmeras atividades pelo estado para marcar o Mês de Luta das Mulheres, que ocorre em março.

Toda a programação, entre debates, saraus, atos e caminhadas, é aberta para participação e são realizadas para dialogar com a sociedade sobre o atual momento do país, de retrocessos nos direitos, aumento dos casos de violência e avanço de discursos e práticas de ódio e associadas ao fascismo. As mulheres são as principais vítimas do descaso do governo federal, pois são maioria entre os desempregados, seguem com salários menores. Para piorar, os registros de feminicídio só aumentam – foram 3.200 nos últimos três anos, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Estima-se que outros mais de 3 mil casos não foram notificados.

A abertura oficial das atividades do Mês de Luta será na quinta-feira, 5 de março, com uma aula pública nas escadarias do Teatro Municipal de São Paulo. Nesse dia, as mulheres irão debater os ataques à soberania nacional e o desmonte das políticas públicas promovidos pelo governo federal, como ocorre com a Petrobrás. Elas também irão realizar uma intervenção cultural no local.

“A proposta é que durante todo o mês façamos diversas discussões sobre esse momento sombrio do país, em que estamos perdendo direitos e, no caso das mulheres, políticas públicas importantes, como as de combate à violência”, diz a secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-SP, Márcia Viana.

Em artigo, o presidente da CUT-SP, Douglas Izzo, lembra que a Central é pioneira na luta das mulheres, garantindo paridade na direção e nas bandeiras de lutas. “Contra esses e outros ataques, em nossa gestão, a CUT-SP tem atuado incansavelmente na luta para que as mulheres tenham seus direitos garantidos e, além disso, para que possamos avançar cada vez mais na promoção de igualdade e respeito no ambiente de trabalho”.

O grande ato do Dia Internacional de Luta das Mulheres, será na Avenida Paulista, no 8 de março, que neste ano cairá num domingo. A concentração CUTista será às 13h no Espaço Cultural Lélia Abramo, na Rua Carlos Sampaio, 305, próximo ao metrô Brigadeiro.

No dia 27 de março, a programação encerra com o Seminário Direitos Humanos e as Mulheres, com lançamento do livro “Marisa Letícia Lula da Silva” (editora Alameda), com a presença do autor Camilo Vannuchi.

Confira abaixo os endereços e horários das atividades, que serão atualizadas ao longo do mês:

SÃO PAULO

1/3 - Das 12h às 20h – Almoço cultural em prol do Encontro Nacional de Mulheres Sem Terra
Local: Quadra dos Bancários - Rua Tabatinguera, 192 – Centro;

5/3 – Das 11h às 15h – Abertura da Caravana das Mulheres
Aula pública com atividade cultural
Local: Escadaria do Teatro Municipal - Praça Ramos De Azevedo, s/n – República;

6/3 – 10h - Roda de conversa com as trabalhadoras do serviço funerário sobre violência e combate ao assédio sexual
Local: Sede do Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep-SP) - Rua da Quitanda, 101 – Centro;

6/3 - 14h - Palestra "A política é pública, meu corpo não" sobre a luta contra violência de gênero no local de trabalho, combate ao assédio sexual com foco no convênio 190 da OIT
Local: Centro de Testagem e Aconselhamento em ISTs e Aids (CTA Guaianases) - Rua Centralina 168, próximo à estação de trem da CPTM;

7/3 – Encerramento do curso FormaQuim – Mulher da CNQ (Confederação Nacional do Ramo Químico da CUT)
Local: Rua Major Diogo, 634 - 1º andar - Bela Vista;

7/3 – 17h - Sarau Mulheres de Resistência
Local: Armazém do Campo – Alameda Eduardo Prado, 499 – Campos Elíseos, centro

8 de Março – 14h - Ato Unificado na Avenida Paulista
Local: Avenida Paulista, 1853 - Parque Mário Covas, próximo ao Masp
CONCENTRAÇÃO DA MILITÂNCIA CUTISTA: 13h, no Espaço Cultural Lélia Abramo - Rua Carlos Sampaio, 305 - Bela Vista, próximo da estação Brigadeiro do Metrô;

14/3 – dois anos do assassinato de Marielle Franco (divulgação das atividades em breve);

15/3 - 9h às 13h - Evento com as trabalhadoras químicas: Reflexão sobre o Dia Internacional da Mulher
Local: Sede do Sindicato dos Químicos de São Paulo - Rua Tamandaré, 348 – Liberdade;

27/03 – Das 9h às 18h - Seminário Direitos Humanos e as Mulheres, com lançamento do livro “Marisa Letícia Lula da Silva” (editora Alameda), com presença do autor Camilo Vannuchi

Local: Sede da CUT - Rua Caetano Pinto, 575 – Brás;

SOROCABA
2/3 – 19h - Audiência pública com o tema “Dia Internacional da Mulher: desafios, lutas e conquistas”
Local: Câmara Municipal de Sorocaba - Av. Eng. Carlos Reinaldo Mendes, nº 2945, Alto da Boa Vista

7/3 – 10h - Ato das Mulheres de Sorocaba
Local: Concentração na Praça Cel. Fernando Prestes

12/3 – 19h - Exibição do documentário “Torre das Donzelas”, de Susanna Lira, seguida de debate com protagonistas
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e região (SMetal) - Rua Julio Hanser, 140, próximo da rodoviária;

ABC
6/3 – 19h – Cine debate com o filme "Abraço", de DF Fiuza
Local: Sede do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema (Sindema) - Av. Antônio Piranga, 1156 – Diadema;

7/3 - 15h – Festival Cultural pela Democracia
Local: Praça da Moça – Diadema;

13/3 - Das 10h às 14h – Atividade das Mulheres em São Bernardo do Campo (em breve mais informações);

21/3 – 14h - Atividade das Mulheres no Sindicato das Costureiras do ABC
Local: Sede do Sindicato - Av. Artur de Queiros, 52 – Casa branca – Santo André;

PRESIDENTE PRUDENTE
1º/3 – 17h - Formatura das mulheres do curso de Promotoras Legais Populares de Presidente Prudente e Região
Local: Sede do Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Prudente e Região (Sintrapp) - Rua Siqueira Campos, 1226 - Vila Nova;

15/3 - 15h – Chá Bingo das Mulheres do Sintrapp (Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Prudente e Região)
Local: Sede do Sindicato - Rua Siqueira Campos, 1226 - Vila Nova.

OSASCO
7/3 – 10h - Ato em defesa da luta das mulheres
Local: Calçadão de Osasco, no centro.
  Fonte: CUT/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil