Pesquisar

Temas

Começou a Eleição 2024 da FUNCEF. Veja como votar

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora

A partir desta terça-feira (16), os participantes dos planos de previdência da Funcef começam a votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal da entidade.

A votação, que será realizada por meio de sistema eletrônico, com acesso por CPF e senha pessoal do eleitor, pelo site (https://www.funcef.com.br/), ou aplicativo móvel da Funcef, segue até sexta-feira (19).

“Mas sabemos como são os sistemas da Caixa. De uma hora para a outra pode dar algum problema. Por isso, orientamos que todos os participantes votem o quanto antes para não haver risco de ficar sem exercer seu direito de voto por causa de um problema de sistema”, disse a coordenadora da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal, Fabiana Uehara Proscholdt, que é conhecida como Fabi por seus colegas de trabalho no banco.

Todos os participantes ativos e assistidos maiores de 18 anos, inscritos nos planos de benefícios da Funcef até 31 de janeiro de 2024, têm direito a voto.

“É importante que todas as empregadas e empregados da Caixa que participam dos planos da Funcef, tanto da ativa quanto aqueles que já recebem assistência, exerçam seu direito de voto”, disse Fabi. “Eu apoio e recomendo o voto nos candidatos apoiados pela Contraf-CUT porque são pessoas íntegras, capacitadas para os cargos que disputam e compromissadas na defesa dos participantes e da própria Funcef”, completou.

A FETEC-CUT/SP, Contraf-CUT, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) e a grande maioria das entidades de representação e associativas das empregadas e empregados da Caixa apoiam a eleição de:

  • Leonardo Quadros, que concorre ao cargo de diretor de Administração e Controladoria com o número 12;
  • Maria Gaia (titular) e Amanda Leite (suplente), que concorrem ao Conselho Deliberativo com o número 31; e
  • Wagner Ferreira (titular) e Mizaki Mitiue (suplente), que concorrem ao Conselho Fiscal com o número 21.

Compartilhe esse conteúdo