Webmail
domingo, 21 de abril de 2024

EM CIMA DA HORA

publicado em 19/01/2024

Santander: Sindicato dos Bancários de São Paulo questiona demissões na Superintendência UX

Imediatamente após tomar conhecimento de nove demissões na Superintendência UX, departamento localizado no 5° andar da Torre Santander, sede do banco espanhol na capital paulista, dirigentes do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Reunião se reuniram com o RH Sindicais do Santander, na terça-feira 17, para questionar os desligamentos.

As demissões geraram muita preocupação entre os bancários da Superintendência UX. De acordo com apuração do Sindicato, apesar das demissões terem sido justificadas por “feedbacks”, estes feedbacks por parte da gestão da área eram poucos e sempre positivos. Os trabalhadores estão assustados com a possibilidade de mais demissões e uma eventual terceirização da área.

Na reunião, o banco se comprometeu de que não haverá mais demissões na área, nem mesmo terceirização, e que serão repostos sete postos de trabalho. Além disso, informou que serão feitas mudanças na gestão e que seria realizada, nesta quarta-feira 18, uma reunião com a equipe da Superintendência UX para esclarecimentos sobre as demissões e demais alterações na área.

“Os bancários da área de pesquisa estão indignados com o número expressivo de demissões e a falta de diálogo por parte dos gestores. Além disso, os bancários estão receosos com a manutenção dos seus empregos e com uma eventual terceirização da área, uma vez que nos últimos anos temos visto o Santander intensificar o processo de terceirização no banco. Porém, questionados pelo Sindicato, os representantes do banco assumiram o compromisso de que a área não será terceirizada”, enfatiza Wanessa Queiroz, dirigente executiva da Fetec-CUT/SP e coordenadora da COE Santander (Comissão de Organização dos Empregados do Santander).

“Orientamos que, no caso de mais demissões, indícios de terceirização, sobrecarga ou qualquer outro problema nas condições de trabalho, os bancários da Superintendência UX entrem em contato com o Sindicato, de forma que possamos atuar junto ao banco. Também reforço a importância da sindicalização, que fortalece a luta em defesa dos direitos e por novas conquistas”, acrescenta o dirigente do Sindicato e bancário do Santander, Cássio Murakami.

Os bancários podem entrar em contato com o Sindicato por meio do Canal de Denúncias, que foi aperfeiçoado recentemente, ou pelo telefone (11 3188-5200), chat, e-mail e WhatsApp. O sigilo é garantido. Fonte: SEEB-SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil