noticias

publicado em - 9 de novembro de 2017

Combate à discriminação - ideologia ou identidade de gênero?

A identidade de gênero consiste no modo como determinado indivíduo se identifica na sociedade, com base no papel social do gênero e no sentimento individual de identidade da pessoa.

O conceito da identidade de gênero não está relacionado com os fatores biológicos, mas sim com a identificação do indivíduo com determinado gênero (masculino, feminino ou ambos).

Exemplo, uma pessoa que biologicamente nasceu com o sexo masculino, mas que se identifica com o papel social do gênero feminino, passa a ser socialmente reconhecida como uma mulher. Esta pessoa é denominada transgênera, pois possui uma identidade de gênero diferente da biológica.

É incorreto, no entanto, relacionar a identidade de gênero com a orientação sexual. Existem pessoas transexuais, por exemplo, que podem ser heterossexuais, homossexuais ou bissexuais, assim como acontece com as pessoas cisgênero (indivíduo que se identifica, em todos os aspectos, com o seu “gênero de nascença”).

Sendo assim, o debate de "ideologia de gênero" nas escolas não deve existir. O que deve ser incentivada é a discussão sobre identidade de gênero e debates de gênero, construindo uma cultura de respeito à diversidade.

Semanalmente você irá ler, aqui no site da FETEC-CUT/SP, notícias relacionadas aos quatro pilares da campanha que são: Mulher, Negro, LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) e PcD (Pessoa com Deficiência).

Campanha Nacional de Combate à Discriminação

Criada com o objetivo de valorizar os trabalhadores de todos os gêneros, raças e com deficiência, a Campanha Nacional de Combate à Discriminação, idealizada pelo Coletivo de Gênero, Raça, Orientação Sexual e Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência (CGROS), em parceria com a Secretaria de Comunicação da Contraf-CUT e apoio da Federação dos Bancários da CUT de São Paulo (FETEC-CUT/SP), visa informar sobre a importância de levar o debate dos valores humanos à sociedade como um todo, não apenas ao movimento sindical.

A ideia da campanha foi criar uma marca que valorizasse, acima de tudo, a condição humana do indivíduo e do conjunto, dentro das tendências de comunicação mundial.

 
Fonte: FETEC-CUT/SP
  • Mini botão Whatsapp.
  • Telegram

Leia Mais

FETECSP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.