noticias

publicado em - 15 de julho de 2017

Delegados aprovam Moção de Apoio em solidariedade às senadoras que defendem os trabalhadores

Durante a 19ª Conferência Estadual dos Bancários, os delegados aprovaram a moção de apoio apresentada pela FETEC-CUT/SP, em solidariedade às senadoras que bravamente enfrentaram as manobras conduzidas pela presidência do Senado, no último dia 11.

 As senadoras Fátima Bezerra, Gleisi Hoffmann, Vanessa Grazziotin, Lídice da Mata e Regina Souza que tentaram modificar o texto da Reforma Trabalhista e defenderam a participação popular na então votação, com a ocupação da mesa da casa.

 O senador José Medeiros (PSD-MT) entrou com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra as senadoras.

 Os 331 participantes também aprovaram mais três moções:

- Apoio ao ex presidente Lula;

- Repudio ao ataque ao Estado Democrático e de Direito no Brasil;

- Contra à Reforma Trabalhista

  MOÇÃO DE APOIO ÀS SENADORAS

A FEDERAÇÃO DOS BANCÁRIOS DA CUT DE SÃO PAULO-FETEC-CUT/SP, afirma seu apoio e solidariedade às senadoras Fátima Bezerra, Gleisi Hoffmann, Vanessa Grazziotin, Lídice da Mata e Regina Souza, pela sua corajosa postura de enfrentamento às manobras conduzidas pela presidência do Senado, como legítimo preposto do governo impostor de Michel Temer em aprovar, à margem da participação popular, a desconstrução da CLT, que retira conquistas fundamentais das trabalhadoras e trabalhadores brasileiros, notadamente no que se refere às mulheres.

Neste sentido, a FETEC-CUT/SP se solidariza com as senadoras que colocaram seus mandatos a serviço da classe trabalhadora e na defesa da democracia. Repudiamos qualquer ação deste Senado que vise puni-las ou desqualifica-las por cumprir o papel que deveria ser função deste parlamento e dos senhores senadores(as). A ação dessas grandes mulheres no exercício de seus mandatos é o que ainda resta de positivo neste processo de golpe e desmandos instalados neste país.

Repudiamos ainda, as atitudes machistas e truculentas do Presidente do Senado, senador Eunicio Oliveira, ao arrancar o microfone fixado no vestuário da senadora Fátima Bezerra, que presidia aquela sessão, de apagar as luzes e trancar os banheiros femininos do senado.

Por todas as razões expressas acima, reiteramos nossa posição contra qualquer tomada de decisão da Comissão de Ética sobre “quebra de decoro parlamentar” contra as Senadoras.
 

Fonte: FETEC-CUT/SP
  • Mini botão Whatsapp.
  • Telegram

Leia Mais

FETECSP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.