Webmail
segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Notícias

publicado em 04/08/2019

Resultados da Consulta Nacional dos Bancários foram apresentados na manhã deste domingo na 21º Conferência Nacional

76% da categoria bancária é contra a Reforma da Previdência e 82% acreditam que as mudanças farão a desigualdade social no Brasil aumentar. Estes foram os principais resultados da Consulta Nacional dos Bancários, apresentada na manhã deste domingo (4), no início dos trabalhados do último dia da 21º Conferência Nacional dos Bancários.

A pesquisa, realizada na base das 10 federações representadas pelo Comando Nacional dos Bancários, do início de abril ao final de maio, mostra que 79% discorda com a alteração que o governo propõe na Previdência Social, que, além de instituir a idade mínima, aumenta o tempo mínimo de contribuição para 20 anos e exige 40 anos de contribuição para receber o benefício integral. Outros 6% não souberam opinar.

O número é ainda maior quando o questionamento é sobre a redução dos valores dos benefícios para idosos pobres, 88% discordam e 6% não sabem opinar. Sobre a extinção do regime solidário e a implementação do regime de capitalização individual como modelo básico para a Previdência, 69% da categoria discordam e 16% não sabem opinar.

A maioria da categoria, 78%, também é contra o aumento da idade mínima e o tempo de contribuição para que as mulheres se aposentem.

Metas

Quando o tema da pergunta é a pressão pelo cumprimento de metas que leva muitos bancários ao adoecimento e, consequentemente, a fazer uso de medicação controlada, 54% dos que responderam conhecem alguém que já fez uso de medicação e 32% revelaram que já usaram.

Bancos públicos

Outra bandeira fundamental da categoria atualmente, a defesa dos bancos públicos é classificada como muito importante por 72% dos trabalhadores e como importante por 17%.

A 21º Conferência Nacional dos Bancários continua neste domingo com o debate sobre o futuro do trabalho, impactos e organização sindical.

Saiba mais

Começa a 21ª Conferência Nacional dos Bancários
Debates vão balizar resoluções da 21ª Conferência Nacional dos Bancários
Soberania nacional foi a pauta da segunda mesa de debates da 21º Conferência Nacional dos Bancários
Última mesa do dia na 21ª Conferência Nacional debateu a proposta de reforma da Previdência
Resultados da Consulta Nacional dos Bancários foram apresentados na manhã deste domingo na 21º Conferência Nacional
Campanha de Valorização da Diversidade é apresentada na 21ª Conferência Nacional dos Bancários
Bancários debatem sobre “futuro do trabalho, impactos e organização sindical”
Bancários fortalecem unidade nacional e traçam estratégias para defesa de direitos

  Fonte: FETEC-CUT/SP) com Contraf-CUT
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil